• Publicações
Notícias

13/03 - Des. Ruy Trindade recebe homenagem ao completar 1 ano de seu falecimento

Administrador

Atualizado em 13/03/2014 13:06:27

O desembargador Ruy Dias Trindade foi homenageado por sua esposa, Gilza Trindade, na data que marcou 1 ano de seu falecimento. No tributo, Gilza canta a música “Como é grande o meu amor por você”. O magistrado, ex-presidente do Tribunal de Justiça do Estado da Bahia (TJBA) e da Associação dos Magistrados da Bahia (AMAB), faleceu no dia 12 de março de 2013, aos 86 anos, vítima de insuficiência respiratória.

Confira o texto e o vídeo feitos em homenagem ao desembargador:

1 ANO SEM RUY, 1 ANO DE SAUDADES...



Hoje, permitam-me prestar uma singela homenagem ao homem de grande valor que foi Ruy Dias Trindade, meu esposo e o amor da minha vida, cantando Como é Grande o Meu Amor por Você, a canção de Roberto Carlos, que também foi a nossa canção. Saudade infinita sim, tristeza jamais.


Que a verdadeira felicidade que tivemos a permissão de construir com o nosso amor, permaneça em seu sentimento, agora, no âmbito Divino, eternizando a nossa história e capacitando-o a servir de maneira sempre ascendente ao Pai Criador e ao Seu Plano.
Para aqueles que não conheceram a sua ilustre trajetória, transcrevo o texto a seguir, relatando um pouco da sua história marcada pela superação e pela vitória:

“Ruy Dias Trindade nasceu em 15 de outubro de 1926, no Município de Paripiranga, Bahia. Formou-se na Faculdade de Direito de Sergipe, em Aracaju em 1956. Especializou-se em Direito Criminal no período de 1957/1959.

Cícero Dantas foi a primeira comarca a tê-lo como magistrado, a partir de março de 1961. Seu percurso pelo interior continuou nas cidades de Andaraí, Caldas de Cipó e Alagoinhas.

Em 1975, já em Salvador, ingressou na 1ª. Vara de Assistência Judiciária. Dois anos mais tarde, no dia 04 de agosto de 1977, assumiu também o cargo de Juiz de Direito da Vara de Acidentes do Trabalho e Registros Públicos. Por decreto de 10 de outubro de 1978, foi transferido, a pedido, para a 1ª. Vara de Família, Sucessões, Órfãos, Interditos e Ausentes, permutado quatro anos depois, para a 15ª. Vara dos Feitos Criminais, Distrital de Amaralina-Pituba. Ainda em 1982 foi promovido, por merecimento, ao cargo de Desembargador do Tribunal de Justiça.

Eleito Presidente do Tribunal Regional Eleitoral para o biênio 1984/1986, em sessão extraordinária do dia 03 de maio de 1984. Em 1986, realizou o recadastramento de eleitores na Bahia, provocando profundas modificações na estrutura da Justiça Eleitoral da Bahia. Foi reeleito para mais um biênio.

Vice Presidente do Tribunal de Justiça no biênio 1992/1994, tendo como Presidente o Desembargador Paulo Furtado.

Presidiu o Tribunal de Justiça da Bahia durante o biênio 1994/1996. Em abril de 1994, foi governador interino da Bahia, quando o então governador Antônio Carlos Magalhães e seu vice, Paulo Souto, renunciaram aos cargos para concorrer às eleições. Foi o 44º. Governador da Bahia, no período de 03 de abril a 2 de maio de 1994, quando transmitiu o cargo para Antônio Imbassahy, então presidente da Assembleia Legislativa.

Participou ativamente de entidades jurídicas, tais como a Associação dos Magistrados da Bahia (AMAB), como presidente, e o Instituto dos Advogados Trabalhistas. Recebeu distinções honrosas, das quais se destacam: a Medalha do Mérito Judiciário; o grau de Grande Oficial do Estado da Bahia; a Medalha da Polícia Militar; a Medalha Tomé de Souza pela Câmara Municipal; a medalha e o título de Cidadão de Cícero Dantas, de Paripiranga, Alagoinhas, Andaraí e de tantos outros Municípios”.

Por toda essa trajetória, Ruy se notabilizou e se tornou digno do apreço de todos que conviveram com ele e, sobretudo, do meu amor. Que a paz de Deus esteja com ele em sua nova morada e deixo registrada a minha gratidão pela felicidade que vivemos juntos e pelo nosso amor... Amor que foi testemunhado pelos céus, pelas estrelas, pelas noites de lua e pelos dias de sol e chuva. Deus permita que esse grande amor se projete para o infinito e alcance os corredores da eternidade.


Gilza Trindade

 

Clique e assista ao vídeo


Últimas Notícias
Associação dos Magistrados da Bahia - Fórum Ruy
Barbosa, 4º andar, sala 413. Salvador, BA
Tel. 71 3320-6950