• Publicações
Notícias

EMAB abre inscrições para curso de Media Training e Redes Sociais


Atualizado em 20/03/2019 12:22:36

A Escola de Magistrados da Bahia (EMAB) abriu inscrições para o “Curso Media Training e Redes Sociais: tendências de comunicação”. Ele será ministrado pelo jornalista e professor catarinense Gabriel Henrique Collaço, com 20 horas de duração, nos dias 04 e 05 de abril. Voltado para os juízes, são oferecidas 50 vagas gratuitas e os interessados devem, até o dia 29 de março, enviar email para secretaria@emab.com.br, com nome completo e telefone, confirmando a participação.

O diretor da Escola, desembargador Nilson Castelo Branco, informou que o objetivo é fornecer aos magistrados diversas técnicas de comunicação verbal e não verbal. Visa à preparação para compreender as solicitações da imprensa e despertar o entendimento de gerir um espaço nas mídias e redes, o que resulta no fortalecimento profissional do magistrado e da imagem institucional. Afinal, o artigo 5º, inciso XXXIII, da Constituição Federal, estabelece como direito fundamental que “todos têm direito a receber dos órgãos públicos informações de seu interesse particular, ou de interesse coletivo ou geral”, o que torna o magistrado, segundo ele, um destinatário desse dever constitucional.

A EMAB destaca a necessidade, cada vez maior, de aproximação dos juízes com os meios de comunicação, para que o Judiciário possa estar mais próximo também da sociedade. As técnicas e metodologias no curso buscam colaborar para o saber, os procedimentos que devem ser adotados e as atitudes favoráveis nas situações de apresentação do trabalho no cotidiano. O cronograma inclui expressão corporal, voz e fala do orador, vícios de linguagem, oratória, retórica e eloquência, leitura orientada, exercícios práticos de apresentação oral, exercício de relacionamento com a imprensa, preparação dos magistrados para idealização de redes sociais, discursos com empatia, oficina sobre temáticas da magistratura para apresentação nas mídias, entre outros.

O curso ainda promoverá discussão sobre os artigos 26 e 36 da Lei Orgânica da Magistratura Nacional, notadamente quanto às proibições de “exercício de atividade político-partidária” e de “manifestar, por qualquer meio de comunicação, opinião sobre processo pendente de julgamento, seu ou de outrem, ou juízo depreciativo sobre despachos, votos ou sentenças, de órgãos judiciais, ressalvada a crítica nos autos e em obras técnicas ou no exercício do magistério”, promovendo um debate frente à jurisprudência do STF e do CNJ.

O jornalista, professor universitário e crítico da cultura Gabriel Henrique Collaço é gestor da comunicação. Bacharel em Comunicação Social/Jornalismo pela Universidade do Vale do Itajaí (Univali), é especialista em Jornalismo Cultural pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC/SP), em Metodologia para Educação a Distância, em Docência para o Ensino Superior e em Marketing Digital e Comércio Eletrônico pela Universidade do Sul de Santa Catarina (Unisul), onde é professor em cursos de graduação e de pós-graduação. É também docente, assessor pedagógico e de comunicação da Escola Superior da Magistratura de Santa Catarina (Esmesc), Formador da Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados (Enfam/STJ), professor convidado da Escola do Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) e do Centro de Estudos e Aperfeiçoamento Funcional do MPSC.

As aulas serão realizadas na sede da Escola, no Jardim Baiano, na quinta e sexta-feira, das 8h às 12h30 e das 13h30 às 18h. Mais informações pelo telefone (71) 3320.6965.

 

 


Associação dos Magistrados da Bahia - Fórum Ruy
Barbosa, 4º andar, sala 413. Salvador, BA
Tel. 71 3320-6950