• Publicações
Notícias

Presidente da AMAB apresenta dados sobre saúde de magistrados em evento do CNJ


Atualizado em 28/03/2019 16:28:03

A presidente da AMAB, juíza Elbia Araújo, participou nesta quinta-feira (28), em Brasília, do 1º Seminário sobre Saúde de Magistrados e Servidores do Poder Judiciário. O evento, realizado pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), aconteceu no auditório do Tribunal Superior do Trabalho (TST) e buscou discutir o adoecimento e a qualidade de vida. Também estiveram presentes a desembargadora do TJBA, Pilar Tóbio de Claro; a assessora especial da Presidência do TJBA, Rita Ramos; e a juíza Newcy Cunha.

Um dos painéis tratou das formas de financiamento dos serviços de saúde pelos tribunais, como a contratação de planos de saúde e a criação de planos de autogestão. Coordenador do comitê, o conselheiro Valtércio de Oliveira destaca que é importante colocar em discussão, na magistratura, a questão da viabilidade dos custos da saúde.

A presidente da AMAB participou na tarde desta quinta da oficina com o tema “Adoecimento de Magistrados e Servidores”. Ela apresentou dados da pesquisa realizada pela Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB) e também citou como exemplo números da Bahia, mostrando as doenças mais comuns entre os juízes.

Comitê -  A Resolução CNJ nº 207/2015 (art. 9º), que instituiu a Política de Atenção Integral à Saúde de Magistrados e Servidores do Poder Judiciário, criou o Comitê Gestor Nacional de Atenção Integral à Saúde de Magistrados e Servidores do Poder Judiciário, cuja composição atualmente se encontra definida pela Portaria n. 138, de 31 de outubro de 2018. Para possibilitar a gestão mais eficiente dos recursos e instrumentalizar a transparência dos dados, os tribunais enviaram ao CNJ os dados referentes aos indicadores e as informações definidos no Anexo da Resolução CNJ 207/2015. Os dados estatísticos relativos à situação de saúde dos 16.998 magistrados e 242.805 servidores do Poder Judiciário em 2018 estão apresentados no relatório apresentado pelo Departamento de Pesquisas Judiciárias. (Com informações do CNJ)

Fotos: Abdias Pinheiro/Agência CNJ e pessoais


Associação dos Magistrados da Bahia - Fórum Ruy
Barbosa, 4º andar, sala 413. Salvador, BA
Tel. 71 3320-6950