Clipping

Presidente do Coptrel e do TRE-BA parabeniza Justiça Eleitoral brasileira e aponta próximo desafio: eleições no Macapá

Desembargador Jatahy Júnior destacou papel de defesa da cidadania e da democracia exercido pela Justiça Eleitoral
Após o encerramento das Eleições Municipais 2020, neste domingo (29), o presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, desembargador Jatahy Júnior, afirmou que a sensação é de “dever cumprido”. Ele, que também preside o Colégio de Presidentes dos Tribunais Regionais Eleitorais (Coptrel), destaca a principal missão do colegiado nos próximos dias: realizar eleições no Macapá, capital do Amapá, daqui a uma semana. O desembargador também agradeceu a todos os integrantes da Justiça Eleitoral por cumprir, com êxito, o papel de assegurar o direito à cidadania e a democracia ao povo brasileiro.


Em mensagem endereçada ao presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Luís Roberto Barroso, o desembargador o parabenizou “pela competência, equilíbrio, sensatez, espírito democrático e firmeza de Vossa Excelência, que foram decisivos para o êxito do trabalho da Justiça Eleitoral brasileira nesses difíceis tempos de pandemia”. Jatahy Júnior disse, na mensagem que, “sem medo de errar” o ministro Barroso “passa a ser o grande credor da Democracia do Brasil”, tendo em vista o trabalho que vem desempenhando a frente do TSE.


Confira o discurso na íntegra


“A missão da Justiça Eleitoral está cumprida, com todo o êxito. Parabenizo ao TSE e ao ministro Luís Roberto Barroso, que, de forma firme, determinada, consciente e segura, comandou todo o processo eleitoral, no Brasil, nessas eleições de 2020, totalmente atípicas, com dificuldade maior que as normais. O ministro Barroso, com a sua liderança e visão, conseguiu dotar a Justiça Eleitoral para que se desincumbisse essa missão constitucional. Hoje, a sensação é de dever cumprido e aproveito para parabenizar, na pessoa do ministro Barroso, toda a família da Justiça Eleitoral brasileira e aos colegas que compõem o Colégio de Presidentes. Temos, agora, o desafio de realizar as eleições no Macapá, capital do Amapá, onde haverá eleição no próximo dia 06 de dezembro. O time da Justiça Eleitoral estará unido com o Tribunal do Amapá para que as eleições, lá, também se realizem de forma tranquila, daqui a oito dias, quando a população vai definir quem vai ocupar o Legislativo e o Executivo municipais na cidade”.




Fonte: Blog TRE-BA