Notícias

2º vice-presidente da AMAB participa de audiência na ALBA sobre reforma administrativa

O 2º vice-presidente da Associação dos Magistrados da Bahia – AMAB, juiz Luís Henrique Araújo, participou, nesta última segunda-feira (4), por videoconferência, da audiência pública promovida pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), que teve como tema o “Reflexo da Reforma Administrativa para o Servidor Público Baiano”. O evento reuniu parlamentares e representantes das entidades que integram o CEO – Carreiras de Estado Organizadas.

Conduzida pelo deputado Paulo Câmara, vice-presidente da CCJ e autor do requerimento para realização do evento, a audiência pública ocorreu forma mista, presencial e virtual (pelo aplicativo zoom), e teve mais de 90 participantes.

O promotor de Justiça, Aldo Rodrigues, representante da Associação do Ministério Público da Bahia, disse ter visto com estranheza os argumentos de que o funcionário público vive dos privilégios do Estado. “Precisamos muito mostrar à sociedade a importância do servidor público para o Brasil”, defendeu. Para a diretora de Estudos e Pesquisas da Associação dos Gestores Governamentais do Estado da Bahia, Valéria Peruna, a estabilidade que o funcionário público tem direito, por exemplo, nada tem a ver com privilégio. “Ela é necessária para que o servidor seja capaz de fazer denúncias, apontar o incorreto e fiscalizar o Estado Brasileiro”, argumentou.

Além da AMAB, participam do CEO a Associação do Ministério Público do estado da Bahia (Ampeb), Associação dos Gestores Governamentais do Estado da Bahia (AGGEB), Associação dos Procuradores do Estado da Bahia (Apeb), Instituto dos Auditores Fiscais do estado (IAF) e Associação dos Defensores Públicos do Estado da Bahia (ADEP-Ba).