Notícias

AMAB presente em caminhada contra o racismo

A Associação dos Magistrados da Bahia – AMAB participou, no último sábado (20), da Caminhada Negra, para celebrar o Dia da Consciência Negra e combater o racismo e a desigualdade presentes na sociedade. O evento, que foi organizado pela Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), aconteceu simultaneamente em dez cidades: São Paulo, Rio de Janeiro, São Luís, Campo Grande, Curitiba, Porto Alegre, Piracicaba, Olinda e Ouro Preto, além da capital baiana.
O teve como objetivo marcar o Dia da Consciência Negra, contribuindo com o resgate histórico da cultura negra do país. O presidente em exercício da AMAB, juiz Alberto Raimundo, presente na caminhada, falou sobre a importância do encontro: “Essa luta é de todos nós. Não podemos diferenciar pretos, brancos e pardos. O dia da Consciência Negra é um marco e devemos falar e combater o racismo durante todos os dias do ano. AMAB estará engajada nessa luta e se dispõe a ajudar principalmente pelos os baianos”, afirmou.
A caminhada teve início na estátua de Zumbi dos Palmares, na Praça da Sé, e seguiu até o Pelourinho com a presença do Embaixador da África do Sul no Brasil, Vusi Mavimbela; da Diretora de Promoção da Igualdade Racial da AMB, juíza Flávia Martins de Carvalho; da Presidente da AMAB, Juíza Nartir Weber – em licença; do 2º Vice-Presidente, Juiz Luís Henrique de Almeida, das diretoras juíza Ângela Bacelar e desembargadora Maria de Lourdes Medauar; e do Desembargador Lidivaldo Brito.
A Caminhada Negra seguiu todos os protocolos de segurança, com obrigatoriedade do uso de máscaras, e contou, ainda, com “tour virtual” para aqueles que não puderam comparecer.