Notícias

ARTIGO: O mês de março, as mulheres, as Yalorixás e as Yabás 2021

O ano de 2021, está sendo regido por Oxalá e pelas YABÁS.   Portanto, a supremacia das mulheres durante este período será, aliás, já está sendo visível e verdadeira.

Neste mês de março quando se celebra e homenageia a todas as mulheres do Mundo, ressalto a figura das YALORIXÁS que nas Religiões de Matrizes Africanas têem uma função grandiosa, toda especial e assemelhada a todas às mães biológicas.

As Yalorixás, Mães de Santo, Zeladoras de Terreiros e outras denominações que a elas se destinam, são verdadeiras matriarcas.

A mãe biológica tem uma responsabilidade muito grande para com os seus filhos. Com a Mãe de Santo ou Yalorixá não é diferente. Para assumir o encargo sagrado chega a renunciar a se mesma à verossemelhança da mãe biológica, sempre cuidando da vida espiritual e até mesmo da vida física e mental dos seus filhos e filhas de santo.

O Terreiro pode ser comandado tanto por um homem quanto por uma mulher. Não importa a sexualidade.

Estamos no mês da mulher, por isso me cingirei apenas às YALORIXÁS, que são mulheres que durante muitos anos recebeu os ensinamentos ministrados e transmitidos pelos Pais e Mães de Santo mais velhos tais como a paciências, a energia, o aceitar e acolher a todas as gentes, o respeitar a tudo que existe no Mundo, a sabedoria e a humildade de toda a Ancestralidade, para só depois receber a “DEKA” e,  a partir daí ter condições de realmente demonstrar e colocar em prática a universalidade da suas mãos, do seu amadurecimento como Sacerdotiza, como aliás acontece com todas as Mães Biológicas e todas as mulheres que professam outras religiões .

O matriarcado suportado e enfrentando pelas Yalorixás, tem as mesmas características em todos os espaços do universo – ser mãe, ser mulher e acolhedora!

Arremato pedindo MALEME às YABÁS, verdadeiras mães da humanidade e rogando a Elas para que nos dêem força e em especial a cura desta doença mortal, perversa e democrática que no momento aflige e atinge a todos os povos do Planeta.

Finalizando peço que as YABÁS, Yansã, Oxum, Obá, Naná, Yewá, Otim, intercedam junto aos Orixás da saúde OMOLÚ e OBALUAÊ para que Eles sempre nos deem a única riqueza – A SAÚDE DURADOURA. O resto vem sozinho.

Este é o meu escrever e rogar.

Encerro em árabe:

NACHKURULLAH! =

Agradeçamos a Deus!

Salvador Bahia – Brasil, março de 2021.

 

Des. aposentada Luislinda Valois