Notícias

Desembargadores baianos do TRF1 serão homenageados

Os desembargadores baianos do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1), Wilson Alves de Souza e César Jatahy, serão homenageados nesta próxima sexta-feira (6) com a medalha “Ministro Aliomar de Andrade Baleeiro”. A outorga será feita pelo Foro da Seção Judiciária da Bahia, em um ato que acontecerá às 10h, no auditório do Fórum Federal Teixeira de Freitas, em Sussuarana, em Salvador.

A presidente da AMAB destacou a excelência dos dois magistrados baianos, que atuam na Justiça Federal. “São desembargadores com grande conhecimento jurídico e que orgulham o nosso estado”, afirmou. Ela agradeceu ao juiz federal Fábio Moreira Ramiro, diretor do Foro, pelo convite para a solenidade.

Perfis – O desembargador Wilson Alves de Souza, pai do juiz do TJBA Valnei Souza, é natural de Riachão do Jacuípe-Ba. É bacharel em Direto, especialista em Processo Civil e mestre em Direito Econômico pela Universidade Federal da Bahia (UFBA); doutor em Ciências Jurídicas e Sociais pela Universidad del Museo Social Argentino (UMSA), em Buenos Aires, Argentina; doutor em Direito Processual pela Universidade de Buenos Aires, também na Argentina, e pós-doutor em Direito Processual Civil pela Universidade de Coimbra (UC), em Portugal. Ingressou na magistratura em fevereiro de 1990 como juiz federal substituto da Seção Judiciária da Bahia (SJBA). Também integrou o TRE-BA, durante o biênio 1996-1998. Foi empossado desembargador federal no TRF1 em 2019.

Já o desembargador César Jatahy é irmão do desembargador do TJBA e Corregedor das Comarcas do Interior, Jatahy Júnior. Natural de Salvador, graduou-se em Direito pela Universidade Federal da Bahia (Ufba) em 1993. É mestre em Direito Público pela mesma Instituição. Lecionou Direito Penal na Faculdade de Direito da UFBA de 1998 a 2000, e a mesma disciplina na Escola de Magistrados da Bahia (Emab), de 1998 a1999, e na Faculdade São Luís, no Maranhão, em 2003. Foi Promotor de Justiça do Estado da Bahia entre 1993 a 1998, quando ingressou na Justiça Federal. Também atuou no TRE-BA. Foi empossado desembargador federal no TRF1 em 2020.