Notícias

Presidente da AMAB visita comarca de Simões Filho

A presidente da AMAB, juíza Nartir Weber, esteve, nesta quinta-feira (09), na cidade de Simões Filho, onde teve encontro com magistrados da comarca. Ela visitou as instalações do Fórum local e ouviu dos juízes as principais demandas. Estiveram presentes os magistrados Mábile Machado Borba e Murilo de Castro Oliveira. Os outros magistrados justificaram a ausência diante de compromissos assumidos e férias.

Os juízes apresentaram os principais problemas enfrentados, como falta de segurança, pouco espaço nas varas, infiltrações e demandas por equipamentos. A grande maioria dos servidores são cedidos pelo Município e muito contribuem para os trabalhos judiciários.

O juiz Murilo Oliveira agradeceu à presidente da AMAB pela visita e informou que as demandas apresentadas são comuns entre os magistrados que atuam na cidade. Já a juíza Mábile Borba disse que a ação desenvolvida pela Associação é “extremamente valiosa”, e possibilita um maior conhecimento das condições de trabalho na unidade. “Esperamos que a visita possa resultar em melhorias para a comarca”, disse. A magistrada narrou situações de extrema gravidade em relação à segurança dos magistrados e servidores, diante da localização do fórum.

Além das instalações das varas e de outros espaços do fórum, a presidente visitou o Centro Judiciário de Solução Consensual de Conflitos (Cejusc) da comarca, que foi inaugurado em 2017. Na oportunidade, a supervisora Elizabeth Brandão Andrade falou do trabalho interdisciplinar, que inclui psicóloga e assistente social, e do alto percentual de conciliação. No primeiro semestre deste ano, dos 59 casos, em 54 deles as partes chegaram a um acordo, mostrando a importância do trabalho desenvolvido pela equipe.

A presidente Nartir Weber agradeceu aos colegas e informou que as demandas foram anotadas e que, uma vez apresentadas em relatório pelo diretor do foro, serão encaminhadas ao Tribunal de Justiça, considerando a situação da comarca.

Através do projeto Amab Presente, a presidente tem realizado encontros periódicos em cidades do interior do estado, com o objetivo de ouvir e discutir com os magistrados as suas principais demandas, além de abordar pautas específicas da categoria para posterior encaminhamento ao tribunal.