Notícias

Selo Justiça em Números 2020 é entregue a 139 unidades judiciais do TJBA

O Tribunal de Justiça da Bahia (TJBA) realizou, na manhã desta terça-feira (6), a cerimônia de premiação do Selo Justiça em Números TJBA 2020. Dentre as comarcas de Salvador e do Interior da Bahia, 13 unidades foram agraciadas com o Selo Diamante, 59 unidades judiciais com o Selo Ouro, 20 premiadas com o Selo Prata e 47 unidades com o Selo Bronze. O evento aconteceu em ambiente virtual.

Os magistrados que presidem as varas e câmaras que receberam o Selo Diamante falaram da importância da premiação como estímulo à produtividade, e destacaram o papel dos servidores e do trabalho em equipe. Foram contemplados com o prêmio máximo a 5ª Turma Recursal dos Juizados Especiais, a 1ª Vara da Fazenda Pública de Porto Seguro, a 2ª Vara de Família de Camaçari, a 2ª Vara Cível de Valença, a 1ª Vara do Sistema dos Juizados Especiais de Jacobina; a 18º Vara dos Juizados Especiais do Consumidor de Salvador, turno Vespertino; a 2ª Câmara Criminal; a 5ª Câmara Cível, a 1ª Vara Criminal dos Juizados Especiais da capital, matutino; a Vara de Jurisdição Plena de Capim Grosso; a Vara de Acidentes de Trabalho da capital; o 3º Cartório Integrado Relações de Consumo, e a 2ª Câmara Criminal.

A presidente da Associação dos Magistrados da Bahia (AMAB), Nartir Weber, destacou que o selo é mais um reconhecimento do comprometimento da magistratura com a cidadania e para com as causas da Justiça e da produtividade dos juízes baianos. A análise para as premiações leva em conta a taxa de congestionamento apurada no final do exercício de 2020; os casos pendentes (processos que não tiveram movimentação de baixa ou que, anteriormente baixados, voltaram a tramitar); e processos baixados. Os critérios são diferenciados por tipos de unidades, a exemplo do percentual máximo de congestionamento.

“É necessário, que nós, indeclinavelmente, por imperiosa necessidade, prestemos homenagens justas a todos aqueles que colaboraram, denodadamente, para esta premiação. Tudo isso só enaltece e eleva o nome de nosso Poder Judiciário baiano”, afirmou o presidente do TJBA, desembargador Lourival Trindade.

Também foram reconhecidos 20 juízes no 1º Grau; 10 juízes nos Juizados Especiais e Turmas Recursais e cinco Desembargadores que mais julgarem processos da Meta 2 do CNJ, e que não tenham participado de mutirão para esse fim.

 

(Confira AQUI a lista de todas as unidades premiadas)